SLIDER

TRENDING

Together we can make a change




Estes vídeos fizeram-me refletir sobre muita coisa. 
A verdade é que vivemos num mundo cada vez mais egoísta e individualista. O capital, a economia e as finanças são as notícias principais em todos os jornais. O que ainda não perceberam é que neste momento, mais do que uma crise financeira, vivemos uma crise de valores. O grande problema não é a falta de dinheiro mas sim o seu excesso. Os luxos exacerbados e a megalomania conduzem a um ser humano materialista, num mundo onde ter a carteira recheada é tudo.


A violência, a raiva e a inveja reinam. Raro é o dia em que um ataque ou um homicídio não é destaque do dia.

E nisto, perde-se a essência da vida. Aquilo que nos preenche como seres humanos que somos. 
O amor, a paz, a solidariedade, a ajuda mútua, a união... 

Em vez disso, estamos cada vez mais divididos. Em raças, continentes, países, cidades e classes sociais...
Há uma designação para cada um de nós, um grupo onde nos incluem, quando devíamos estar todos unidos.

Lutar pelas mesmas coisas e ajudar-nos mutuamente, sem preconceitos. Ninguém é mais do que ninguém!
Não é o dinheiro ou a casa onde vivemos que nos tornam superiores, mas sim os nossos valores e ações.

Quantas vezes já nos queixamos da nossa vida? Queríamos ser mais magras, ter uma casa de sonho, uma vida perfeita... Mas olhar para as situações precárias retratadas nos vídeos ensinam-me acima de tudo, a valorizar aquilo que tenho.

O dever da nossa geração é encarar o mundo de uma forma mais positiva, menos fútil, mais solidária e menos egoísta.
Afinal, são os pequenos gestos que fazem uma grande diferença no mundo. 

Today, give a stranger one of your smiles. It might be the only sunshine he sees all day. Making one person smile can change the world – maybe not the whole world, but their world.

21 comentários

  1. As pessoas dão mais importância a coisas futeis infelizmente e esquecem-se do que realmente importa.

    ResponderEliminar
  2. Já tinha visto este movimento e achei fantástico! Gostava muito de o pôr em prática e caso o faça digo-te Daniela sim?!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. isso é mesmo uma grande realidade, e que cada vez mais está aumentando, enfim daniela...estes vidios fazem mesmo pensar bem, e arrepender de certas coisas :)

    ResponderEliminar
  5. há realmente uma grande necessidade de mudar o nosso mundo, não só ajudar o ser humano como também os animais irracionais. É triste o mundo em que hoje vivemos mas tenho esperança de que as mentalidades mudem...

    ResponderEliminar
  6. É muito verdade! Mas é cada vez mais assim. Então o pessoal da nossa idade... por muito que digam que não, se parares e observares o que fazem, dizem, gostam... tudo tem base no materialismo. Há é uns que conseguem controlar, outros deixam-se influenciar completamente por isso. É triste.

    ResponderEliminar
  7. Parabéns por não seres mais uma das supérfulas bloggers de moda. És inteligente e concordo com tudo isso. Se poupássemos o dinheiro que gastamos em futilidades e não fôssemos egoístas... Mas todos estes "se" são fáceis de dizer. Temos é de ser, todos os dias, seres que pensam que nem todo o mundo tem comida e condições mínimas. E ainda que não é só em África que isto se passa! É mesmo à nossa frente, e só não vê quem não quer... Deste modo, temos de agir: ajudar o vizinho, o colega da escola (mesmo que seja desconhecido), o familiar, etc... Parabéns, mais uma vez. Gosto muito do teu blog.

    ResponderEliminar
  8. No último período das aulas, o meu professor de Português propôs que a turma produzisse um texto expositivo- argumentativo sobre um tema à nossa escolha e foi mesmo sobre isto que falas neste post em que me baseei para desenvolver o meu texto, principalmente o que dizes logo o início! Acho que de facto e acima de tudo vivemos uma crise de valores! É cada vez mais visível esta realidade tão antagónica! Uns tão pobres,outros tão ricos! Mas a questão que faço a mim mesma é: esses que são ricos ,serão ricos apenas na conta bancária ou também o são de alma e coração ? A realidade em que vivo e todos vivemos, faz-me cada vez mais achar o contrário. É triste, mas nós somos o futuro e temos de fazer por ser diferente! Porque se não existissem coisas más não saberíamos valorizar as boas e puras! :) Adorei este post, btw :)

    ResponderEliminar
  9. TODOS acabamos por um pouco materialistas e acabamos também a dar valor a futilidades. Vivemos disso, somos dependentes disso.
    A geração em que vivemos e as facilidades que nos dão desde mais novos contribuiu (e muito!) para esta crise de valores que falas. É engraçado, mas ainda hoje este tema surgiu no meio de uma conversa...

    Gostei imenso do que escreveste.

    Vamos acreditar que este mundo vai melhorar!

    Ana
    http://um-dia-talvez-quem-sabe.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Concordo com tudo o que disseste Daniela! Eu penso que a "nova" geração já não é tanto assim. As pessoas que nasceram nos anos 80 para cima já mostram muitas preocupações que antigamente não existiam: ecologia, solidariedade, ...

    Mas é verdade que ainda não chega, porque todos os dias vemos gente egoísta que só se preocupa com o seu umbigo! Eu tento sorrir todos os dias aos estranhos que passam...nunca se sabe quando é que alguém precisa de um pequeno empurrãozinho para se sentir melhor!


    beijinhos, Nádia
    My Fashion Insider

    ResponderEliminar
  11. Penso que a altura que estamos presentemente a viver nos faz todos reflectir um pouco sobre estas temáticas e a pensar naquilo que podemos fazer para retribuir e melhorar um pouco a vida dos outros. Acho que é importante haverem sistemas de apoio para estas pessoas e, mais importante é, que nós sejamos um desses sistemas e possamos auxiliar o mais próximo. Pessoalmente admito que não faço grandes contribuições mas, sempre que posso doo algumas coisas que considero que possam ser úteis para outras pessoas, desde roupa a alimentos. Acho que são estes pequenos gestos que fazem certas organizações prosperar e terem capacidade de ajudarem aqueles que menos têm.

    ResponderEliminar
  12. E tens toda a razão, concordo plenamente! :)

    ResponderEliminar
  13. Se há coisas que me deixam feliz é ver e saber que há campanhas deste género a ser constantemente promovidas por jovens. Ás vezes não temos a noção do que os nossos pequenos gestos podem fazer. Somos jovens, temos energia - e esta energia tem que ser utilizada na construção de um mundo melhor.

    Por exemplo eu vivo numa pequena aldeia no interior de Portugal onde a maioria dos habitantes são idosos. Pequenos gestos como dizer "Bom dia!" com um sorriso ou por vezes ficar um bocadito à conversa com eles (como às vezes me pedem) são pequenas coisas que não me custam nada e sei que vão tornar o dia da daquela pessoa melhor!

    Parabéns por partilhares campanhas como esta e continua com o exelente trabalho aqui no blog!

    ResponderEliminar
  14. É verdade, Daniela... :)

    http://littlelimeblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Muito muito interessante.
    Apesar de ser um pequeno gesto que apenas dá apoio temporário, tem um grande impacto na pessoa que o recebe :)

    ResponderEliminar
  16. Sem dúvida que ações como estas nos fazem pensar em como a nossa Humanidade e solidariedade não desapareceu completamente nestes tempos e nos faz querer ser uma pessoa melhor. :)

    the-perfectwardrobe.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Adorei o post. E é por posts deste que adoro o teu blog. Para além das futilidades (roupa e acessórios, que todas adoramos) o teu blog oferece-nos mais. Chegar ao final do dia e ver os teus posts são coisas que alegram os teus leitores. As tuas fotografias têm qualidade, os looks são lindos e a tua personalidade é fantástica. Pelo que escreves, és uma pessoa humilde, trabalhadora, corajosa, fofinha. Identifico-me muito contigo e obrigada por isso. Adoro o blog, és uma inspiração. Continua assim, beijinhos da tua leitora assídua, moon :) <3

    ResponderEliminar

Obrigada por partilhares as tuas palavras! É um prazer ter-te aqui ♥ Se tiveres alguma pergunta, envia-a para danielagandrablog@gmail.com ou para o Facebook do blog - serei mais rápida a responder.

© Maira Gall