SLIDER

TRENDING

Eu faço o que me apetece

  • quarta-feira, outubro 10


Quando alguém me diz para estar quieta
Sinto logo que devo mexer-me
E sempre que era para estar calada...
Levantei-me e falei
Nunca fui de aceitar que as coisas são como são
Nem visto roupa que faça com que desapareça
Nunca fui de ir por onde os outros vão
E saio à rua não sabendo bem a direção...

Eu durmo com quem eu quero
E faço o que me apetece
Com quem eu quero, aquilo quero fazer
Não interpretem mal os versos anteriores, não são nenhum incentivo a andar aí na vadiagem a dormir com todos ou nada que se pareça. A mensagem desta música (que eu adoro) não é essa, de todo. Hoje simplesmente me apeteceu partilhar convosco algo diferente. Algo que mais uma vez, vos motivasse, animasse e inspirasse. Algo que vos levantasse a moral e que no melhor dos cenários, vos deixasse com um sorriso de esperança no fim do post. Esse sim, é o meu maior objetivo.

Na minha opinião, esta música podia ser coroada "hino da adolescência". Pelo menos da minha! Uma parte de quem passa por aqui está a viver ou já viveu esta tão agridoce fase. Há dias em que o mundo está claramente, de pernas para o ar. Contradizemos tudo o que nos pedem, queremos fazer tudo à nossa maneira e ser diferentes mas muitas vezes, não sabemos bem a direção. Mas que queremos, ai isso queremos! Queremos ser alguém, temos sonhos, metas, objetivos... 
Mas infelizmente tiram-nos isso pelo caminho.

Quando sei que não vou,
Porque não posso ir
O que deve ser feito em mim não faz sentido
Se os telhados caírem
Na rua quero estar nua
Nada a esconder
Nada a proteger
Sou o que tu queres
E não queres ter
Aquilo que odeias e temes perder
E todas as coisas que possas dizer
Não me vão convencer
A pouco e pouco tentam-nos convencer que aquilo que queremos é errado, não tem saída, é sonhar demais ou o mais comum: é impossível. E esses jovens que tinham em si todos os sonhos do mundo são hoje adultos. Desmotivados, tristes e cansados da rotina. E o mais irónico? É que um dia também eles desempenharão o papel daqueles que destruíram os seus sonhos. Porquê? Porque nos conformamos com pouco... E especialmente porque desistir é bem mais fácil do que lutar.
Lutar dá trabalho. Exige esforço, dedicação, tempo, paciência... 
Uns tentam... Fracassam... Caem... Desanimam... E desistem.
Outros tentam... Erram... Dão cinco trambolhões de uma vez só...
E levantam-se!
O segredo é dar o máximo em tudo o que façamos. 100% ou se conseguirmos, 200%! Ao longo do nosso percurso vamos ter muita gente a fazer-nos rasteiras ou até a rir-se das nossas ambições. A vida são dois dias... Porque raio havemos de nos preocupar com o que os outros pensam sobre nós? Temos é que dar valor a quem realmente merece o nosso carinho e a nossa atenção. Depositem tudo aquilo de bom que possuem naquilo que mais amam, sem pensar duas vezes! Eu sinto-me muito lisonjeada por, todos os dias, poder vir aqui expandir a minha alegria e a minha paixão. Façam o mesmo! 
Façam o que vos apetecer, com quem vos apetecer, onde vos apetecer! 

Deem asas aos vossos sonhos... Ensinem-lhes a voar com carinho e rapidamente verão crias a nascer desse vosso sonho. 
Quebrem os limites, as linhas, as normas... E quando vos aparecer alguém a impedir-vos de o fazer, ignorem-os.
 (Ou fujam, se for a polícia).

14 comentários

  1. gostei mesmo muito do que escreveste e essa música é mesmo qualquer coisa. é um hino mesmo à adolescência e acho que muitos de nós se revêem nela. é linda :)

    ResponderEliminar
  2. Adorei o que escreveste! Tens muita razão, e adoro a música também! :D

    ResponderEliminar
  3. Se nós próprios não acreditarmos nos nossos sonhos, quem o vai fazer?
    É isso mesmo...

    ResponderEliminar
  4. Não é possível acrescentar mais nada ao que disseste! Tens toda a razão e são aqueles que caem, se esfolam, se "matam" para atingir os seus objectivos que triunfam!
    Não terminei o post só com um sorriso mas também emocionada de entender o que pretendias transmitir e de me identificar com o chegar mesmo até as últimas forças que nos restam, para ser feliz ;)
    Continua assim Daniela, estás a fazer um excelente trabalho com este blog, cada vez melhor de dia para dia ;)
    Beijinhos grandes*

    http://freefallfeather.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Sem dúvida que essa é uma música que me acompanha (quase) diariamente! Simplesmente a música define-me.
    Em relação ao que disses-te: Quem fala assim não é gago! ahahah :b
    Concordo plenamente contigo

    ResponderEliminar
  6. "E quando vos aparecer alguém a impedir-vos de o fazer, ignorem-os.(Ou fujam, se for a polícia)." Não podias ter terminado este texto de forma mais engraçada.
    Pessoas, todas elas, atentem nas palavras sábias da Daniela!

    ResponderEliminar
  7. isto sem dúvida que me inspirou e foram sem dúvida frases de muito encorajamento e força. adorei*

    ResponderEliminar
  8. Olá minha princess
    Adorei a música e o que escreveste

    Muitos beijinhos
    MUAH*

    NeuzaMariano

    ResponderEliminar
  9. Adoro esta musica mesmo!
    Visitem, sigam, comentem o meu blog http://fashion24hpt.blogspot.pt/ :b

    ResponderEliminar
  10. Adorooooooooo esta música!

    http://nobresonho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Obrigada por partilhares as tuas palavras! É um prazer ter-te aqui ♥ Se tiveres alguma pergunta, envia-a para danielagandrablog@gmail.com ou para o Facebook do blog - serei mais rápida a responder.

© Maira Gall